top of page
Buscar

Conheça as técnicas cirúrgicas para quem deseja fugir dos óculos

Atualizado: 13 de jul. de 2023



A cirurgia refrativa é uma excelente alternativa para aqueles que possuem ametropias como miopia, hipermetropia e astigmatismo, e desejam adquirir maior liberdade em relação ao uso dos óculos graduados ou lentes de contato.


Sua realização traz benefícios que vão desde a maior liberdade para a prática de esportes, à redução de custos com as lentes de contato e manutenção ou atualização dos óculos graduados.


Atualmente, o procedimento pode ser realizado através diferentes técnicas, sendo as 3 principais através da ação de laser.


Estas 3 principais técnicas, chamadas PRK, LASIK e LASIK Femto, são responsáveis pela correção do erro refrativo utilizando equipamentos de alta precisão que modificam o formato da córnea.


Confira um breve resumo de cada uma:


1. PRK

A técnica PRK (Photorefractive Keratectomy) de cirurgia refrativa ocorre através da remoção pontual do epitélio e membrana de Bowman, camadas mais superficiais da córnea, que pode ocorrer de forma manual, química ou à laser.


Após a remoção do epitélio, o equipamento Excimer laser é utilizado para a remodelação do estroma anterior de acordo com a correção do erro refrativo.


Por fim, pode ser instilado o colírio de mitomicina para melhores resultados no pós-operatório, e é colocada uma lente de contato terapêutica que auxilia na proteção ocular durante a recuperação do tecido epitelial.


Se comparado a outros métodos, o PRK é associado a um pós-operatório mais incomodo e com maior tempo

para a recuperação.


2. LASIK

A partir da técnica LASIK (Laser In Situ Keratomileusis) de cirurgia refrativa, diferente do PRK, não há remoção do epitélio e membrana de Bowman. Ao invés disso, com o auxílio de um equipamento com lâmina chamado microcerátomo, é realizada uma pequena incisão, confeccionando um flap (aba) composto pelo epitélio, membrana de Bowman e uma parte superficial do estroma.


O flap é levantado, o Excimer laser realiza a remodelação na camada mais profunda do estroma e, em seguida, o flap é reposicionado sem a necessidade de suturas.


Uma vez que a técnica LASIK opera numa camada mais profunda do estroma, protegida pelo flap, a recuperação visual é

mais rápida e, geralmente, não necessita

de lentes de contato terapêutica.


3. LASIK Femto

A técnica LASIK Femto se diferencia do LASIK convencional devido a confecção do flap no tecido corneano. Nesta técnica, como diz o nome, a criação do flap ocorre com o auxílio do laser de femtosegundo, que atua com disparos sob alta frequência, dispensando o uso de lâminas e trazendo maior precisão e segurança para as cirurgias refrativas.


43 visualizações0 comentário

Komentarze


bottom of page